A vida seria um erro, se não existisse a música(Nietzsche). A vida é um erro, mas a música atenua este erro(O Caveira)

Isso, abaixo, seria a vida após a morte?

domingo, 3 de abril de 2011

Falta de Querer


Nos anos 70, creio que foi em 1972, assisti a um filme, estrelado por Vincent Price, que me deixou meio pensativo, Vício que Mata(Confessions of Opio Eater-1962). Nele , o personagem de Price interpreta um aventureiro, que se tornou um herói. Quase 40 anos depois de ver tal filme, o que não me sai da cabeça, é que mesmo sendo um aventureiro, mesmo se tornando um herói, o personagem denota ser uma pessoa vazia, que nada espera da vida, que não vê sentido algum em viver. Bem, pelo menos entendi assim, mormente pelas partes narradas da película.

Que eu me lembre, Price é o único ator não oriental do filme. Seu personagem tem um caso com uma mulher asiática. No final, nosso 'herói' salva um tanto de gente, de um maremoto, mas, propositalmente, se deixa levar pelas águas.  As águas seguiram seu curso, terminando com a saga de um homem, um aventureiro, viciado em ópio, que não via sentido em viver.

Ao acabar de ler um post, postado no blog "Atitude do Pensar", da nossa amiga Keila, com o título "Quereres", ao mesmo tempo que me lembrei do citado filme, pensei sobre minha falta de 'querer'.
Nunca fui herói, muito pelo contrário. O que me resta querer, nesta altura do campeonato, com quase 55 anos?  Leiam meu post, "Espaços Vazios".  Não tenho conseguido preencher os espaços vazios, e isso já faz tempo. Ainda restam meu imprevisível computador, minha coleção de quase 3000 discos e minha bebida diária. Aliás, estou bebendo mais que o normal, se bem que não me embriago. Tenho saído mais que o normal- com isso meu dinheiro...- Ainda tenho desejo sexual, mas assim como outras coisas em minha vida, se tornou rotineiro, com pouca vida, com pouca cor, sem aquele mesmo entusiasmo de outrora. Ora, não gosto de estudar, não quero mais trabalhar; não gosto de coisas como: futebol e outras formas de esporte, carnaval, Churrasco, festas, danças, natal, ano novo, viagens, política, religião, automóvel e tantos mais etcs rs. Ando cada vez mais apático.

É, Keila, como eu disse no seu post, referente ao que eu costumava falar com a minha avó materna: 'não quer nada, hein?', eu não quero nada. Que as águas da vida, ou melhor, da morte, me levem o mais rápido possível; de preferência de uma maneira suave, indolor.


Deep(Justin Hayward)

Moody Blues

Every Time I Hear the Sound of the Rain
Beating On My Roof Again
I Want to Taste Your Love
And I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Every Time I Lift My Eyes to the Sky
Something in My Heart Asks Why
I Want to Know the Truth
And I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Like the Footprints
Disappearing Fromhe Sand
I Try to Catch the Thought
It Slps Right Through My Hand
And As the Darkness
Throws Its Cloak Upon the Ground
I Start to Run to You
I've Got to Take You Down
I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Every Time I Feel I'm Losing My Way
The Power of Your Love Remains
I Want to Touch Your Love
An' I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep
Deep
I Want to Go Deep

"Se eu fosse corajoso, já teria me suicidado, mas já esperei tanto tempo, que agora espero que o tempo me mate"(Jorge Luís Borges)




11 comentários:

  1. Sinto minha vida meio assim! E detesto isso, essa estagnação, esse meio não saber para onde vai, esse fim de linha, final de carreira... rs

    No meu caso consigo identificar exatamente o problema que está me bloqueando ele é bem visível, no entanto não depende de mim sua solução, infelizmente, porque se dependesse certamente já teria movido céu e terra...

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. "Final de carreira"... essa é boa. rs.

    Eu, minha cara Dama, sou um verdadeiro personagem de Woody Allen, ou até pior.rs. Quieto por fora, inquieto por dentro, e sempre insatisfeito...

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Vai ver esse dia 29 de maio é um dica ruim pra nascer... ahahah... Será que é ele que traz essa melancolia, essa inquietação e insatisfação?

    Também nunca me dei muito bem com geminianos, embora não acredite totalmente em astrologia como algo determinante, apenas como uma das bases para chegar as conclusões...

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. É provável q seja o dia 29 mesmo, Dama, pois até mesmo meus atores prediletos, o famoso trio calafrio, Vincent Price, Christopher Lee e Peter Cushing, são do signo de gêmeos. Os dois primeiros nasceram no dia 27 de maio, Cushing nasceu em 26.05. E eles eram bem de bem com a vida(rs).

    Uma das primeiras pessoas legais, que conheci do signo de gêmeos, foi um colega de serviço, era preto, um pouco mais velho q eu; era mecânico,peão. Era conhecido por seu apelido "Cocada". Ele concordava comigo, quando eu dizia q as pessoas de gêmeos não eram flores q se cheiravam; eu tb falava da falsidade delas. E ele vivia falando, 'signo de gêmeos é signo de gente falsa'. Só q eu e ele não éramos. rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. eita, que fundo do poço é esse?! Canta pra subir!!! Vamos melhorar o astral que o mês só tá começando.

    ResponderExcluir
  6. Aí Ana, só de ler seu comentário, comecei a rir, e rir faz muito bem! Eu sou assim mesmo, Ana; como sempre digo, sou um caso perdido! Não leve a mal meu baixo astral(rimou, hein?).
    E obrigado pela força.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Katia. Andas sumida! Tudo bem contigo? Espero q sim.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Estou afundada em auto piedade e problemas, mas estou percebendo que as pessoas te ouvem qdo vc fala claro e em bom som, não qdo se grita, pois não te respeitam...

    ResponderExcluir
  9. Também quero partir de uma forma bem suave e indolor, apesar de achar que isso é quase impossível para a maioria dos mortais.

    ResponderExcluir
  10. Katia, espero q saia dessa o mais rápido possível. Penso q pessoas q gritam ficam antipatizadas. Há até quem as tema, mas respeito não tem. Mas é bem difícil ter auto-controle...

    Gilberto, quem não quer partir assim, hein? Morrer dormindo é uma boa. Mortes tb como de alguns jogadores, q em questão de poucos minutos tem uma espécie de parada cardíaca. Assim tb seria uma boa, não? Porém, o q eu acredito q todos ou quase todos querem mesmo é não morrer, é ser feliz, coisas impossíveis...

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.