A vida seria um erro, se não existisse a música(Nietzsche). A vida é um erro, mas a música atenua este erro(O Caveira)

Isso, abaixo, seria a vida após a morte?

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Medo(Assustado)





                                      Frase dedicada a ela
                                     Frase dedicada a ela




Medo(Assustado)(John Lennon)

Estou com medo, tenho medo, estou com medo
Estou com medo, muito medo
Estou com medo, tenho medo, estou com medo
Conforme os anos vão passando
E o preço que eu paguei
E as palhetas escapam


Você não tem que sofrer
É o que é
Nenhum livro, sino ou vela
Você pode ficar fora disto? Oh não!


Eu estou assustado, estou assustado, eu estou cicatrizado
Eu estou assustado, uh huh
Eu estou assustado, estou assustado, eu estou cicatrizado
Todos os dias da minha vida
Eu só tento sobreviver
Eu só quero ficar vivo


Você não precisa se preocupar
No céu ou no inferno
Apenas dance ao som da música
Você faz isso tão bem, bem, bem!


Ódio e ciúme, vão ser a minha morte
Eu acho que eu sabia desde o início
Cante sobre amor e paz
Não quero ver a carne vermelha crua
O maldito de olhos verdes direto de seu coração


Eu estou cansado, estou cansado, estou cansado
De ser tão só
Nenhum lugar para chamar de meu

Como uma pedra rolando


7 comentários:

  1. É a vela da vida, Frida(rimou, hein?rs).

    ResponderExcluir
  2. Bela postagem Caverão! Belas fotos, com frases inteligentes e uma linda canção!
    Vc sabe fazer as coisas viu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gentileza sua, André. O mérito é do John Lennon.rs

      E gostei muito do seu post, "Pó". Bem realista, mas como sempre digo, há quem perca os braços, as pernas, a visão, mas não perde o orgulho.

      Bom domingo!

      Excluir
  3. Ah, e seu filho é bonito, hein?rs. Parabéns e sucesso com o seu livro!

    ResponderExcluir
  4. O medo é uma armadilha.... mas quem não sente medo?

    ResponderExcluir
  5. Fiz o posto pq às vezes tenho medo de mim mesmo. E, hoje mesmo fui provocado, por um motorista, que nem conheço, e eu não transgredi a regra de trânsitos, ele me zoou, com seu carro, me chamando até de tio...virou a esquina, e lhe mostrei , pegando no meu saco, dizendo que é disso que ele gosta... Foi tudo rápido. Se ele parasse no sinal, eu chutaria seu carro, daria um cuspe na sua cara, me arriscando a ser preso pela primeira vez... quanto a morrer, não ligo mais... Welcome death!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.