A vida seria um erro, se não existisse a música(Nietzsche). A vida é um erro, mas a música atenua este erro(O Caveira)

Isso, abaixo, seria a vida após a morte?

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Visitando Blogs e Outras Coisas Mais

Vamos supor que ao visitar diversos blogs, me comporto da seguinte maneira, tecendo comentários:

Blog de poesias românticas: pô, vc só posta poesia romântica.!É muita água com açúcar pro meu gosto! Isso pode dar diabete!

Blog com ênfase à depressão: Vc não sabe falar sobre coisas boas, não?! Sua neurose me deixa pra baixo! Levanta a cabeça, homem!

Blog que posta vídeos: Ah, não, já estou cansado de ver tantos vídeos! É só isso que vc sabe fazer?

Blog de pessoa de bem com a vida: Nossa, tudo pra vc está bom! Será que vc é tão feliz assim? Vc só vive rindo, gosta de todo mundo, que saco!

Blog de funk(não o funk brasileiro, o tipo James Brown): funk, funk... detesto funk!  Não dá para colocar outro gênero musical?

Blog onde impera o ecletismo: Meu Deus, cada post é diferente do outro. Nada  a ver. Seu blog é um balaio de gato, um samba do criolo doido!

Bem, o que vocês pensariam a meu respeito?

Há bem pouco tempo, uma blogueira, que frequenta o blog do vazio há poucos meses, teceu uns 6,7 comentários e em todos eles me detonou.
E já faz um tempo também que ela, com muita frequência, só me faz críticas. Fui paciente durante um tempo, até que, nesta semana, fui obrigado a lhe dar umas respostas duras, porque paciência tem limite.

Eu jamais faria comentários como estes acima, em qualquer blog. Não faço questão de aplausos, elogios. Gosto de elogio, mas sincero, e elogio em excesso me cansa, até me constrange.
No entanto, só ser alvo de críticas, aí não dá! Ela falou , em outras palavras, que tenho o ego enorme, que sou um reclamão, que tenho que tomar vergonha na cara, e ainda falou ao eu expor minha falência(rs), questionando se eu quero que tenham pena de mim, que quem sabe quero que me ajudem com dinheiro. Bem, aceito sim ajuda, então, peço àqueles de bom coração, que me mandem grana. Vou até deixar minha conta, e conto com vocês. Eis o número da minha conta: 00000000000000000.
Disse também que eu explico as coisas em demasia e só posto sobre coisas ruins. Antes disso, ela implicou até com meus posts com letras traduzidas: " acho um saco essas letras traduzidas... mas o blog é seu, né? Vc é quem manda aqui, né?".

Como não nasci ontem, afinal tenho 57 anos de praia(rs), certamente, que outras pessoas pensam como ela, e o leitor dos meus blogs, que não gosta de mim, se vangloriará com a blogueira, dizendo que ela só disse a verdade, foi franca.
Críticas construtivas são bem vindas, mas corrosivas, como as da tal blogueira, eu dispenso.
Volto a repetir que uso os blogs como um diário, só para desabafar, é uma catarse.
Eu gostaria de falar sobre coisas boas, como gostaria!  E já cheguei a fazer posts mais alegres e bem humorados, porém , de uns tempos pra cá, minha vida está longe de ser alegre. Estou me sentindo mesmo como um doente terminal, com apenas 5 meses de vida, à beira da sarjeta ou da morte mesmo! Tive um recente malogro amoroso, que me dói até hoje. Sou um sujeito inconformado por natureza, apesar de eu detestar críticos, sou um crítico da existência(rs). Poluição sonora acaba com meus nervos...

Sinceramente, não tenho raiva da citada blogueira. Possivelmente, o estilo dela é do jeito que falei, mas eu não gosto de conviver com gente assim. E isso que ela fez foi inédito: nunca vi um blogueiro se comportar como ela.

Nestes poucos meses que me restam, espero ficar mais calmo, não esquentando a cabeça e não levando as coisas mais a sério. Que a sorte me ajude!

21 comentários:

  1. olá, rs, se eu frequentasse seu blog, acho que faria comentários como os da blogueira, rss. As pessoas, na maioria, reclamam da falta de sinceridade, mas qdo encontram alguém sincero, não aceitam sua opiniões. Aceitaria, sim, elogios frequentes, mas críticas frequentes, isso não... E como saber se os elogios são mesmo sinceros? Ainda mais na blogosfera, onde têm uma verdadeira fixação por seguidores e comentários......
    É muito fácil lidar com elogios, é só dizer "não sou tudo isso", "obrigado, vc é muito simpática e delicada, gentil...", o difícil é lidar com as críticas, responder à altura sem perder a compostura... . Com toda certeza vão dizer aqui: "se ela não gosta, é só deixar de seguir o blog". Claro, verdade, só que, da mesma forma, se vc não gosta dos comentários, é só se dirigir a ela diretamente e dizer "olha, não estou gostando dos seus comentários, vc só me critica, se não tem nada de bom nos meus blogs por que ainda está aqui? deixa de me seguir ou de comentar".
    Só reclamar em um post é só mais um post de reclamação, é mais uma forma de provocar mais elogios,pois certamente vai ter gente dizendo que adora seus textos, que você é ótimo e etc... Nada melhor que uma enxurrada de elogios para tirar o amargor de umas críticas... E, pelo que sei, você se diz um crítico contumaz... E vive a criticar...
    Desculpe a sinceridade...

    ResponderExcluir
  2. Acho que vc não me entendeu direito, ou não fui muito claro.
    Pode ser também que vc queira me provocar, me irritar.rs

    Eu escrevi no post, críticas construtivas são bem vindas, as corrosivas, eu dispenso.
    Se vc fizesse os comentários como ela o fez, e foram em 6 ou 7 posts, numa tarde só, eu te responderia como respondi a ela. E eu falei isso que vc me sugeriu, que ela não passasse mais aqui, ou melhor, no outro blog, onde tudo ocorreu.

    Repito que fui até bem paciente com ela, mas tudo tem um limite. Creio que qualquer mortal agiria como eu agi. Fui educado com ela, tanto no meu blog, como no dela, e ela nunca demonstrou bem gentileza, sendo que nestes últimos comentários, ela foi longe demais! Ela é uma pessoa intolerante(isso ela mesmo diz em seu perfil), implicante e autoritária, pq não dizer grossa.

    Faço críticas, mas respeito as pessoas, e exijo que me respeitem.

    E volto a repetir: uso o blog como forma de desabafo, e a postura da tal blogueira me irritou muito, e foi algo inusitado, já que nunca vi uma blogueira se comportar assim em blogs alheios.

    Vc até que foi bem humorada(o) ao dar seus risinhos, mas a tal blogueira, nem é de rir. Tempos atrás, quando ela fez mais uma das suas críticas, brinquei com ela, pedindo que ela sorrisse, ela respondeu algo assim: sorrir me faz mal.
    É uma pessoa mal humorada.

    Vc no final , se desculpa. Ela nunca fez isso.

    Ah, já fui criticado por outras pessoas, mas em sua maioria foi críticas construtiva, sem ofender. Se for ma esculhambar, como a tal blogueira disse, dou o troco.

    Falei também sobre o que penso sobre elogios, neste post, será que vc leu?

    Não importo se os elogios são sinceros ou não; pior é ser criticado com corrosão(rimou, hein?), é ser esculhambado, como a blogueira fez.

    Suspeito que vc tem bronca comigo, a não ser, como eu disse que queira apenas me ver irritado- quem sabe está a zoar?

    Sinceridade é bom, mas com educação, com gentileza.
    E como sou egocêntrico e, ao mesmo tempo, carente, gosto muito de quem gosta de mim, mas não gosto nem um pouco de quem não gosta da minha humilde pessoa.rs

    Se vc pensa assim mesmo, como falou, é do time da blogueira, apesar de ser um pouco mais amena(a), mas, eu dispenso.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Nota-se que que você gosta de criticar, mas não de ser criticado ou contrariado. Diz que é mal humorado, mas não suporta o mal humor alheio, faz muitas críticas a pessoas, a blogueiros, mas não suporta ser criticado. Fala o que pensa, mas não admite que falem o que pensam. Fala mal dos outros, mas não admite que falem de você,você fala dos defeitos dos outros, mas quando falam dos seus, você se irrita, perde a compostura , mostra sua estupidez. Seu post diz que você gosta de elogios, mas sinceros... Seu post diz uma coisa e sua resposta, visivelmente irritada, diz outra, você prefere mesmo é um elogio falso que uma critica sincera. Que lindo.

      Excluir
    2. Anônima, vc é uma gracinha, sabe?

      Há quem elogie, apenas por uma questão de gentileza. Outros são falsos. E existem os sinceros. No mundo virtual, fica mais difícil saber quem é falso, verdadeiro ou gentil.

      Se percebo que o elogio é falso, o que posso fazer é dizer: vc está exagerando... está me subestimando. E , claro, posso ignorar a pessoa. Evidente que não a levo a sério.

      Ontem, mesmo fui num blog, no qual a blogueira fez uma homenagem a um famoso cantor e eu falei que nunca fui muito fã dele. Mas, falei com educação, com diplomacia. E a blogueira entendeu, e hoje veio aqui, comentando neste post.

      Eu critico é gente má educada, gente grossa, desonesta, falsa, mentirosa, venenosa, que tem o prazer de ofender e etc e tal.

      Sou estúpido com quem é estúpido comigo. Não ataco, só me defendo.

      Jamais, em toda minha vida, alguém falou comigo "tome vergonha na cara". E como vc comportaria se fosse alvo de tantas , nem foram bem críticas, foram ofensas seguidas, feitas pela tal blogueira?

      Quando critico alguém, faço com muita educação. E gosto de ser tratado da mesma maneira. Vc, que parece compactuar com a tal blogueira, deve ser uma pessoa autoritária, antipática. Acredito que desconheça o significado da palavra educação. Na verdade, a tal blogueira agiu como se estivesse gritando comigo, só me ofendendo.
      Tanto que depois que lhe respondi, apareceu um blogueiro, que eu nem conhecia, e criticou a sua postura. Olhe lá, no meu outro blog, como ela se comportou.

      Se vc pensa essas coisas a meu respeito, paciência. Digo que vc não serve pra mim. Corro de pessoas como vc. Reitero que aceito críticas, mas construtivas, as destrutivas e levianas, eu dispenso.

      Excluir
    3. Anônima, na tentativa de ficar em paz contigo, vou te dar dois exemplos para mostrar-lhe as diferenças:

      Uma blogueira, que começou a frequentar este blog, praticamente ao mesmo tempo que a tal blogueira, que me ofendeu... Bem, eu a achei muito simpática e divertida. Ela chegou até a comentar em posts antigos, dizendo que se identifica comigo em alguns pontos.

      Ás vezes, posto uns três posts, com o mesmo título, o mesmo assunto, e num deles, em que postei as três vezes, ela comentou no post 1, no post 2 disse que estava ansiosa em ler o 3. E não comentou no 3... E eu ainda a respondi, no post 2, que por ela não ter comentado, é pelo fato de não ter gostado do desfecho.rs. Ela, que costuma me responder, não deu retorno, e nunca mais apareceu por aqui. O que me faz deduzir, já que ela continua ativa na blogosfera, que ela não gostou do que leu. Talvez até tenha se desapontado comigo. Penso que é preferível o silêncio, pelo menos em casos assim, do que a tal "franqueza", que muitas vezes nos machuca. Acredito que ela deve ter pensado: ah, o blog é dele, melhor eu me calar.

      Outra blogueira: eu já havia notado que ela estava comentando em um tanto de blogs, que seguimos em comum,e havia sumido do meu.
      Depois de muito tempo, ela reaparece, comentando, "desculpe a sinceridade, mas há muito tempo que um post seu não me despertava interesse, mas este gostei bastante"
      Eu, educadamente, respondi que já suspeitava disso,e como reclamo muito e sou prolixo, muitos se afastam, não gostam dos meus blogs.

      Continuei postando... e ela voltou a comentar num dos posts, discordando de mim. Mas, ela não perdeu a compostura. Senti que ela estava irritada comigo; discordei dela, mas também não perdi a compostura.
      Tenho fortes suspeitas que ela não gosta de mim e/ou não gosta das minhas atitudes, embora ela ainda continua a me seguir. No entanto, ela não extrapolou, não me ofendeu, como a tal blogueira.

      Deu para entender as diferenças?

      Excluir
  4. Outra vez temos que mencionar o respeito. Porque alguém nos lê se não gosta do que escrevemos? Não há sentido nisso. O blog é espaço pessoal e deve ser visitado por quem encontra prazer em fazê-lo. Podemos discordar do posicionamento de terceiros, mas de forma educada e sem críticas. Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Isso mesmo, Marilene! Sua sensatez , me faz admirá-la cada vez mais.

    Às vezes, acho que quero demais, mas quem dera se todos fossem como vc.rs

    Não sei se vc leu o comentário do Anônimo(a) e a resposta que lhe dei. Na resposta, me esqueci de dizer que a tal blogueira também é negativista.

    Tenho fama de negativista, devido a forma com que enxergo o mundo e por reclamar demais, mas não sou negativo ao ponto de só criticar as pessoas, não dizendo nada de bom a respeito delas, e tem gente que parece até ter o prazer de só criticar outrem, são incapazes de consolar, de ter comiseração, de dizer algo de positivo, de elogiar...

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Olá Caverão!
    Rapaz, deixa o povo reclamar meu amigo!
    Se a gente coloca algo na net é pra que o povo fale mesmo! Uns falam bem, outros falam mal, mas o importante é que a nossa postagem cause vontade das pessoas falarem.
    Antigamente no meu blog, tinha uma chatinha que só me enchia o saco, mas eu não ligava e dava respostas tirando sarro dela. Com o tempo ela se acalmou, e quando viu que não conseguiria me atingir... Sumiu!
    Outra coisa; eu não modero os comentários, porque publico tudo o que falam! Acho mais democrático.

    Valeu Caverão!

    ResponderExcluir
  7. Oi André. Seu estilo é diferente do meu. Pelo que pude notar vc parece ser uma pessoa mais tranquila e paciente, coisa que não sou(rs).

    Seu blog fala de coisas mais amenas, e vc parece de bem com a vida.

    Assim como vc, eu também brincava com a tal blogueira, tentando levar tudo no bom humor, mas ela é tipo uma rainha do mau humor...
    Aí, ela passou do limite: 6 a 7 comentários seguidos só me detonando! Ninguém aguenta! E ainda falou que eu tenho que tomar vergonha na cara...

    Eu modero os comentários, mas, até hoje, publiquei todos. Acho mais seguro moderar, pois isso acaba inibindo os trolls, ainda mais que meus blogs não são convencionais. Como eu falei, a atitude da tal blogueira foi inusitada. Pois em certos blogs costuma aparecerem anônimos ou com nicks estranhos a perturbar o proprietário do blog, mas uma blogueira fazer isso, nunca tinha visto.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Boa Noite.
    Sou seguidora do seu blog mais pouco tenho feito de visitas
    nos últimos tempos.
    Eu jamais detonaria alguém pela postagem feita no blog cada um tem direito de postar aquilo ,
    que vai na alma.
    Eu coloquei meus comentários moderado depois de quase 10 anos com blog
    a gente se cansa um dia pois tem gente perversa demais .
    Um feliz final de semana abraços , Evanir.

    ResponderExcluir
  9. È isso, Evanir. Eu li quando vc se queixou. Tem gente que é tão ruim que não gosta de quem é feliz, de quem está de bem na vida, o que é seu caso, pois vc só transmite coisa boa.

    Tudo de bom pra vc e que continue irradiando felicidade.

    ResponderExcluir
  10. Olá amigo,
    KKKKKKKKK é bem assim nunca conseguimos agradar todos,tive alguns problemas no princípio do blog porque não conseguia entender porque gentileza não pode ser retribuída de uma forma natural, tem que ser em troca de links ...
    Gosto de me expressar e observar e LER os blogs dos amigos....coisa que algumas pessoas não fazem(as vezes erram até seu nome) por isso as vezes demoro passar nos blogs, é uma questão de respeito, teu blog é o teu momento por trás de um post tem muito mais que uma piada ou critica tem teu gosto, um pouco de ti, por exemplo as abas laterais dizem muito mais do blogueiro as vezes do que suas postagens eu adoro observar tudo o que tem ali....
    Amigo deixo aqui meu desejo de dias tranquilos ou não afinal dias inquietos na companhia certa também são muitoooooo lindos.

    Beijos
    Joelma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom te ver aqui. O que eu mais gosto nos meus dois humildes blogs é o visual . Acho, como vc falou, revelador ... e muito louco também.rs

      Muito obrigado pela mensagem. E tudo de bom pra vc!

      Beijos!

      Excluir
  11. Olá Eustáquio conheci o seu blog através do blog da Mirtes e estou a gostei do que li.
    Também tenho um blog há quatro anos ,mas já pensei em desistir,todas as amizades que fiz no blog se mudaram para o facebook e é lá que mantemos contato mas confesso que não é igual,acho que um blog é mais pessoal e eu continuo a atualizar o meu,muita vez não sei o que escrever e acabo só por postar algumas coisas que encontro na net e que gosto,aquele cantinho faz parte da minha vida.

    Prometo vir mais vezes aqui ao seu blog.
    Um abraço e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. Seja bem-vinda Natália.
    Eu não participo de redes sociais. Mas, blog é isso mesmo que vc falou.
    Já estou indo visitar o seu blog.rs

    Outro abraço e um ótimo final de semana pra vc.

    ResponderExcluir
  13. Bom... acho que blog é como um diario... é pessoal... sou eu falando a mim mesma, tentando me entender, conversando comigo mesma... atraves do que quero postar...

    Mas é publico, certo? certo...
    Porem para mim é igual canal de televisao... nao me agrada? aperto o botao do controle remoto e mudo de canal... nao teria logica eu ficar ligando para os canais de televisao, reclamando da programaçao... existem tantos canais... um deve me agradar, e se nao tiver nenhum, desligo a televisao e vou ler um livro... assim tbm é com os blogs... leio, sigo e interajo com o que me agrada... apelar com o dono do blog em minha opiniao é um modo disfarçado de pedir atençao... ou dele... ou dos seguidores dele, como aconteceu aqui que acabou rendendo e virou o assunto...

    Assim é minha opiniao...

    Humildemente rs...
    Frida...

    ResponderExcluir
  14. Não sou muito chegada ao romantismo. Tenho medo de adquirir diabetis. rsrsrsrsrs
    Tenho dois tipos de blogger. Um pessoal privado que me serve de arquivo e outros para todos.
    Espero que a minha neurose não seja tão ruim. rsrsrsrsrs Bobagem a minha seu que você não me ler tanto assim.
    Muitas felicidades!
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  15. Que isso, Janice! Gosto dos seus blogs. Sempre leio. Inclusive, ontem, apareceu um post seu no painel, mas não havia nada postado.rs

    Muito obrigado pelos comentários!

    Tudo de bom pra vc!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.