A vida seria um erro, se não existisse a música(Nietzsche). A vida é um erro, mas a música atenua este erro(O Caveira)

Isso, abaixo, seria a vida após a morte?

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Reencontrando Um Velho Conhecido

Armando Pinto:  Não, não acredito, Roderick Verden ?
Roderick Verden: O próprio.rs
AP: Cara, há quanto tempo! Vc não mudou nada, aliás, mudou um pouco sim, está mais velho, com a barba branca, mais feio e mais gordo, ou melhor, menos magro. hehehe
RV:  E vc está careca e barrigudo. rs
AP: Mas, continuo bonito.rssrss
RV: tá bom...
AP: gostaria de te apresentar uma grande amiga, a qual tenho muito carinho.
Márcia: Prazer, Márcia.
RV: Prazer, Roderick Verden, seu criado.
Márcia: Ainda usa falar isso?rsrs
RV: É que sou muito antigo.rs
Márcia; Imponente o seu nome, parece nome de nobre.
AP: É nome de Conde vampiro e gay.hehehe
RV: Sai pra lá,cara! rs
Márcia: E falando em sair, me desculpe, Roderick, vc acabou de chegar,  mas tenho um compromisso, o qual não posso faltar. Foi um prazer te conhecer.
RV: O prazer foi todo meu.
Márcia: Tchau pra vcs.

AP: Olha o andar dela, que mulher gostosa! Eu ainda como ela!
RV: Comer?! Vc é canibal? Canibalismo é crime, vc não sabe disso?rs
AP: Ih, já vi que continuas o mesmo, a mesma bronca contra palavrão.
RV: Comer não chega a ser um palavrão, mas é um palavreado deselegante. Melhor seria: transar, fazer sexo, copular.
AP; Evolua homem!  Somos da mesma idade, e penso muito diferente de ti. Vc mesmo fala uns palavrões.
RV: Falo , mas pouco. Às vezes, eles são inevitáveis, mas , em muitas ocasiões, eles podem ser evitados. E quer maior bobagem que mandar uma pessoa tomar naquele lugar; ora, se a pessoa gosta de tomar, ela vai com prazer, se não gosta, não vai.rs. E...
AP: Já até sei o que vc vai falar: " e o palavrão vindo da boca de uma mulher, é pior ainda..." shit!
RV: Isso mesmo, falta classe nas mulheres atuais.
AP: Rod, o mundo evoluiu, meu caro. As mulheres foram muito reprimidas; hoje, está tudo em pé de igualdade. Elas têm seus desejos, suas taras, são humanas como nós, e soltam mesmo palavrões como a gente. Há uns anos atrás, tive um caso, nada sério, com uma mulher que pilotava moto. Eu andava junto com ela, de carona. Vc não gosta disso, né?
RV: Acho esquisito mulher pilotando moto. Mas, vamos mudar de assunto. A Márcia é um mulherão, viu?
AP: È, amigo, eu estou seco nela, mas ela resisti, fala que gosta do namorado-mesmo brigando intensamente com ele. Mas , enquanto eu não comer ela, eu não sossego!
RV: Armando , larga disso, ela tem compromisso. Bem, há uns 20 anos que não o via, vc continua casado?
AP: Pela quarta vez.
RV: Sério?rs.
AP: Com a Jacqueline, que vc deve lembrar, tive dois filhos. E um com a segunda mulher, a Marta, tive um.
RV; Então, Armando, não traia sua mulher, cara!
AP: Isso faz parte da vida; homem trai mesmo.
RV: E a mulher, não pode trair , não?rs
AP: A minha não pode.hehe
RV: E a tal evolução, seu machista? Vc não presta!rs
AP: Essa Márcia, me deixa doido! Ela diz que gosta de mim como amigo; chegou até a falar que sou atraente, que se eu não fosse casado e ela não tivesse namorado, gostaria de ter algo comigo. Quando ela me falou isso, eu fiquei louco! Não sossego mesmo enquanto eu não comer.
RV: Deixa disso!
AP: E vc sabe como é que é, não existe mulher que não dá, existe é mulher mal cantada.hehe
RV: Isso é mais antigo do que minha avó.rs. Não generalize, cara! Toda mulher dá, até...
AP: Epa, não ponha a minha mãe no meio, a dona Adalgiza é uma santa. Nossas mãe eram de outras gerações, Rod!
RV: A minha já se foi, há quase quatro anos.
AP: Lamento muito! A minha continua firme, com muita saúde.
RV: Bem, já que vc disse que "todas dão", e as suas esposas?
AP: Se elas me traíram, não fiquei sabendo, afinal, o marido é sempre o último a saber(rs). Escolho-as a dedo. Todas , tirando a segunda, que conversava muito e era muito desbocada e briguenta, eram discretas e quietas.

continua...


16 comentários:

  1. Estimado Roderick Verden

    Tenho uma tese de que as mulheres (se não todas, mas praticamente a maioria ) não gostam de homens respeitosos , românticos , etc.
    Nesse passo, levam vantagem os cafajestes , penso eu.
    Bem, é apenas uma teoria...
    Assim, está "sub judice".

    Um forte abraço!

    PS1=Realmente estive ausente dos comentários, contudo tenho acompanhado fielmente todas as suas postagens, na realidade estou viciado ( no bom sentido), pois me identifico com você...rsrs!
    Contudo aquela minha paixão meio real-virtual por uma certa jovem andou em um período complicado de altos e baixos (igual aquela coisa de bem-me-quer , mal-me-quer - que dúvida cruel...etc...etc...) o que me deixa meio depressivo e apático para muitas coisas...EXPLICA MAS NÃO JUSTIFICA.
    PS2=Quanto às músicas , sou bastante eclético e na minha opinião não há , para quem ama , música brega , há músicas que tocam o coração, que emocionam a alma, de Debussy (Clair de Lune) a Paulo Sérgio...Afinal temos que honrar a máxima de Nietzsche , que a vida seria um erro se não existisse a música , toda música , cada uma tem sua função , seu momento, como trilha sonora de nossa existência , nos momentos de felicidade ou não.

    São os meus malucos pontos de vista.

    Até breve!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é cheia de contradições, de desigualdades, desencontros, desenganos, incluindo, claro, no campo sentimental.
      Acho que falta carisma, ousadia nos homens respeitosos e românticos; eles costumam ser insossos. E uma série de fatores determina que um homem faça sucesso com as mulheres. E alguns desses cafajestes dão uma de românticos. O Armando Pinto, que é um personagem fictício, é, a meu ver o protótipo do homem mulherengo, o Dom Juan cafajeste. Vc deve ter notado que ele não tem respeito algum pela Márcia(outro personagem fictício); com falsidade, na frente dela, se referiu como uma amiga, mas só quer o corpo dela, só quer comê-la, apenas isso.

      Gostei muito da sua divagação a respeito de música, muito sensata. Valeu!

      E muito obrigado por prestigiar meu humilde blog.

      Até breve!

      Abraços

      Excluir
    2. Caro Roderick Verden

      Esqueci de me identificar...

      Abraços

      Vauxhall

      Excluir
    3. rs. Eu sabia que era vc.

      Abração!
      Tudo de bom!

      Excluir
  2. Se fofocam mais ou menos eu não tenho certeza, sei que fofocam.
    Alguns deles bem mais que as mulheres. Na sua maioria eles preferem escutar. Ficar sabendo é mais importante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janice, acho também que alguns, alguns apenas(rs), fofocam mais do que as mulheres. "Na maioria , eles preferem escutar"? Sei não...rs

      Grato por sua presença!

      Abraços

      Excluir
  3. huahuahua sensacional!
    eu falo palavrão quando estou muito brava - vide post recentes, rs - mas tenho classe sim!

    ResponderExcluir
  4. rs. é , eu vi, vc estava bem brava num dos posts. Depois até apagou: "Não gosta de palavrão, foda-se!rs

    A vida é assim mesmo, existem coisas que a gente gosta, outras não. Recentemente, fiz um post no qual eu critico uns símbolos cibernéticos, o dos pontinhos , tipo ..). Acho um porre e nem consigo entendê-los, mas gosto muito de emoctions.

    Sobre palavrão, eu, de fato, sou aquilo que falei nesta fictícia conversa. Sou muito antigo e retrógrado(rs); quando estou conversando com um homem, costumo dizer: "é foda", "merda", quando converso com uma mulher , digo, "é dose!", "droga". Mas estou na contramão, e acabo me passando por chato e fresco.rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é que quando fico muito brava fico possuída, podendo até matar, rsrsrs... depois a poeira abaixa e vejo que não precisa tanto..

      Excluir
    2. Aí, sou tão antigo que vc não conhece a expressão, "é dose!".rs

      Excluir
  5. Ah, o post sobre os pontinhos , foi no outro blog, o blog do vazio.

    ResponderExcluir
  6. Deus me proteja da hipocrisia masculina!!! Esse seu amigo em Senhor Verden!!!! Que homem eca!!!

    ResponderExcluir
  7. Sua indignação procede, Pandora, claro. Mas o que é eca?rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eca é o que digo quando vejo algo nojento que não quero nem chegar perto!!! rsrs

      Excluir
  8. Ah, agora entendi.rs

    Tudo de bom pra vc!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.