A vida seria um erro, se não existisse a música(Nietzsche). A vida é um erro, mas a música atenua este erro(O Caveira)

Isso, abaixo, seria a vida após a morte?

quinta-feira, 8 de março de 2012

Ironia

Como duas opinantes, não entenderam bem meus dois últimos posts, gostaria de esclarecer, que neles, usei ironia.

O que me inspirou os posts foi o que o tal do anônimo comentou num blog, numa postagem ,referente ao Pink Floyd.
Vejam o que ele disse:

Anônimo disse...

@Roderick Verden Quando você arrumar sua primeira namorada(mundo REAL, fora da net) essa frescura melhora um pouco.


Não sei se ele queria somente zoar(se foi uma brincadeira, achei de muito mau gosto), pode ser que ele me conheça, na internet, bem pouco, se equivocando a meu respeito. Mas que foi uma provocação, isso foi, uma falta de respeito com a minha humilde pessoa.


Ora, daqui a uns 80 dias, se eu não morrer(rs), completo 56 anos, e o cara vem falar que tenho que arrumar uma primeira namorada(rs), já fui até casado. Nunca fui um pegador, assim como praticamente todos os homens parentes pelo meu lado paterno. Consigo ficar muito tempo sem fazer sexo, mas namorei e fiquei com, não diria muitas, algumas mulheres. Acho que o tal anônimo está pensando que sou débil mental(rs).


Reconheço meus erros, peço desculpas, e não aceito que se refiram a mim, como o tal referiu, "essa frescura melhora um pouco".
E não acredito que encontrar uma namorada possa acalmar, dar mais tranquilidade, pelo menos pra mim não, já que quando estou namorando, fico mais nervoso ainda, pois tenho que me preocupar com a namorada; estando só, apenas me preocupo comigo.


Não sou mercenário, nem avarento, mas penso, que neste triste mundo que vivemos, a coisa mais importante depois da saúde é o dinheiro. Acredito que se eu tivesse uma boa profissão, uma profissão que me desse prazer, eu seria mais tranquilo e mais feliz, ou menos infeliz(rs), melhoraria minha auto-estima.


Volto a repetir que há anos e muitos anos que não procuro amor. E nestes anos, tive que me preocupar com outras coisas mais importantes. O amor, pra mim, é algo bem complicado, difícil, que me deixa inquieto, preocupado. Essa minha última paixão, foi uma coisa séria, que machucou tanto a mim como a minha amada. Custo a me apaixonar, mas quando me apaixono, é pra valer... Ainda estou muito chateado com o malogro do nosso caso, e uma sensação de fracasso, se mistura com o vazio, um silêncio que me entristece. ..


Sou muito irônico, e a ironia suscita más interpretações, isso até é comum. Às vezes, acho até engraçado quando as pessoas interpretam ao pé da letra, pensando que estou falando sério. No entanto, depois , assim como fiz neste post, gosto de esclarecer a todos.


Abraços!

18 comentários:

  1. Quando expomos qualquer texto, até o mais simples na web, sempre aparece um com seus "achismos" e sequer sabem o que ocorre na vida dos demais.
    Este tipo de comentário é apenas para "causar" e não entendo como alguém pode se sentir "causador" sem usar um perfil. É só falta do que fazer, você não deve esclarecimento algum de sua vida a ninguém, muito menos a um Ninguém com N maiúsculo.

    ResponderExcluir
  2. Eu já era para ter me acostumado com isso, pois desde o começo deste século, passei a ter minhas missivas publicadas num jornal, na página de leitores, da minha cidade, e sempre aparece os que não respeitam opiniões diferentes. Impressionante, tem gente que tem o dom de ofender, ao invés de apenas criticar nossa opinião, parte para ofensas pessoais.

    Muito obrigado pelo comentário, Christian.

    Apareça mais.

    ResponderExcluir
  3. Parceiro, foi mal aí, mas eu costumo responder os comentários alheios no blogue de quem comenta, sei que é errado, mas já me habituei. As vezes os comentários de alguns parceiros parecem virar um msn. ahah.
    Sobre seu comentário, rapaz... Hoje tá difícil comentar na blogosfera, é tanta pretensão de "somos lindas, mais que perfeitas, maravilhosas" e tantos botões de rosa que eu não sabia como fugir desta cafonice, foi quando presenciei posts de algumas mulheres ainda pensantes e que tiveram uma visão crítica a respeito desta data, que como outras datas comemorativas, infelizmente virou comércio, amanhã ninguém nem lembra mais do quanto são "poderosas, mais que perfeitas e blá blá blá", que nem final de ano, todos tem espírito natalino, cristão, fazem planos no ano novo e começa janeiro, reinicia a mesmice.
    Contanto, eu achar isto cafona não me torna o dono da verdade e por esta razão, respeito e me isento de comentar para não ofender. Este é o ponto, as pessoas, como este ninguém, costumam confundir muito crítica com ofensa. Crítica, por vezes, é muito importante, porém, ironias, grosserias e ofensas que passam para o lado pessoal, não valem a pena nem serem publicadas. Há uns seres assim em meu blogue, que eu já nem preciso ler o post, basta ler o nome para deletar sem ler. Há os que fazem perfis só para "causar", tamanha ocupação possuem em suas vidas.
    Eu não sabia que era redator, que legal! Percebemos a cultura de alguém que tem conteúdo quando os comentários são longos ou pertinentes, eu pensei que fosse professor, formado em Letras ou algo assim.
    Eu adoraria trabalhar com Jornalismo e talvez ainda o faça. Tem tempo pra isso. Certamente aparecerei mais, seu feed não está atualizando, só hoje apareceu no meu painel e blogroll. O blogger e o google todo está maluco com tantas modificações.

    ResponderExcluir
  4. Está maluco mesmo o blogger, pois esse seu comentário, apareceu como spam.rs

    Caro Christian, fique à vontade para comentar.

    Sobre o jornal, eu,simplesmente, como outros leitores, enviava cartas, que eram publicadas na página de opinião, dos leitores.
    Pensou que eu era professor?! Muita gentileza de sua parte, mas só tenho o ensino médio.
    O editor geral, do citado jornal, chegou até falar que apesar de eu "escrever bem", escrevo de uma forma coloquial, daí, não ter condições de escrever artigos.

    Muito obrigado!
    Apareça sempre!

    ResponderExcluir
  5. Roderick, ontem minha amiga que ensinou colocar música no blog recebeu uma cobrança de direitos de 249,75, referentes a umas músicas que ela usou do You Tube. Com medo retirei as minha duas. Desculpa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Quando somos irônicos nos nossos textos e isso acontece comigo, temos que marcar bem a ironia talvez com uns risos, do tipo "rsrs". Para as pessoas saberem que estamos ironizando daquilo. Porque na escrita mais do que na fala, a ironia fina fica muito sutil, o que fica claro em qualquer texto é o deboche, que é algo diferente da ironia, porque é mais escrachado.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Oi Janice, tudo bem, mas acho estranho o que aconteceu com sua amiga. Talvez essa cobrança deva ser pelo fato dela ter postado música no site you tube. Ela deve ter contratado algo, acessado seu logo a senha... Não precisa se desculpar, eu entendo.

    Não concordo muito, Dama, isso é polêmico. Às vezes, basta uma frase, uma pequena frase, para sentirmos a ironia. Nestes posts atuais, com ironia, só de eu ter relatado algo sobre minhas 5 namoradas, já demonstravam a presença da ironia.

    E já enganei algumas pessoas na fala também(rs), mas, depois revelo que tudo não passou de uma ironia(rs).

    Janice e Dama, muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela foi para o PROCON, vou esperar para saber o resulta.
      Não posso vacilar.
      Aconteceu algo que não sei explicar.
      Estava tentando tirando "aquela letrinhas chatas" e acabei apagando alguns comentários.
      Desculpas, foi a ignorância que apagou. rsrsrsrs!!!!
      Beijos!

      Excluir
    2. Não precisa se desculpar, que isso.
      A cobrança é indevida. Vá até um dos blogs que sigo, o que tem lisérgicos no título, e leia um post sobre isso.

      Tudo de bom!

      Excluir
  8. Dama,

    Quer maior ironia do que isso:

    Ah, o simpático Anônimo recomendou uma namorada real, não na internet. Gente, por que não pensei nisso antes? Namoro real deve ser bem mais gostoso do que pela internet, e precisou de um comentário de uma pessoa anônima, que eu nem tenho ideia de quem seja, para eu cair na real.

    E as fotos , com citações até do Freud, o "ok", que dediquei ao anônimo, já que nos Estados Unidos, aquele sinal significa "ok", aqui tem um significado chulo.rs

    ResponderExcluir
  9. Olá, Roderick!

    Eu nunca tive muito problema com anônimo. Só uma vez em que escrevi que estava fazendo faculdade e um anônimo entrou dizendo perguntando se eu não tinha vergonha de estar entre os jovens... que eu estava pagando mico e tal, mas até gostei da provocação pois até hoje naquela postagem de meu blog antigo aparecem outros anônimos para me defender do anônimo que comentou...

    Mas isso deve ser por causa do meu jeito de escrever... meio doce e meigo...

    Na minha opinião comentários que valem são aqueles comentários de quem gosta de ler a gente e torce para que a gente se supere a cada postagem... Este teu anônimo é gente que cai de paraquedas nos blogs e nem sabe o que está acontecendo e vai logo dizendo o que vem na cabeça...

    Antes eu tinha muito a mania de fazer um post para explicar porque tinha escrito outro, depois percebi que nada disso é necessário, pois quem lê a gente vai construindo um entendimento da nossa personalidade e se gostar vai ficando e se não gostar deixa de ler independente de nossas explicações.

    Claro que anônimos que nos ofendam devem ser banidos, pois não estamos na Web para sermos massacrados e quem usa do artifício de massacrar o outro é no mínimo doentio.

    Da minha parte gosto de comentários que discordem de mim ou manifestem uma opinião totalmente contrária, mas grosseria eu não aceito não.

    Beijos e uma boa semana!

    ResponderExcluir
  10. Concordo contigo. O que esse anônimo falou a seu respeito é de uma ignorância sem igual! Pessoas assim , tem o dom de nos ofender.

    Obrigado!
    Boa semana pra vc também!
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Meu caro Roderick, n ligue pra estas pessoas sem sal...vim parar aqui por mero acaso e posso te dizer...eu ADOREI, teus escritos...muito bom...beijos...

    ResponderExcluir
  12. Seja bem-vinda, Brih.

    Algumas pessoas que nos ofendem, que nos julgam mal, que nos julgam erroneamente, costumam a até ter sal, são salgadas, azedas, injustas, algumas até ingratas.

    Muito obrigado pelos elogios.

    Apareça sempre!

    ResponderExcluir
  13. Eu, por exemplo, adoro as suas ironias!!!

    Dou gargalhadas em alguns textos que eu leio da sua autoria!

    Espero que continue a escrever os textos dessa forma!

    Beijosss

    ResponderExcluir
  14. Muito obrigado, Suzi!
    Você é muito gentil.
    Gosto muito dos seus textos também.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  15. Querido Roderick,
    eu vou, e volto, e sua paixao imaculada continua... rss (sem ironia)

    Sabe que devo passar a imagem de católica porque nunca recebi um comentário anônimo? Eu hein!

    Às vezes acho que a atencao que você dá a certos comentários nao merecem tanta atencao...

    beijocas, man!

    ResponderExcluir
  16. Vou pensar sobre isso. Mas, hoje, não estou a fim de polêmica, só digo que é muito prazeroso ver vc de novo no meu humilde blog.

    Obrigado

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.